Equilibrar as contas nem sempre é algo fácil, mas, você pode economizar na padaria até 25% em energia elétrica, por exemplo, com mudanças e foco na sustentabilidade do processo produtivo dos pães e alimentos em geral.

Vamos listar em apenas 3 passos como você pode cortar gastos em sua padaria de forma sustentável e garantir o aumento dos lucros.

1º Passo – Desperdício, não!
Evite desperdícios a qualquer custo. É importante ter em mente a importância do uso consciente de matérias-primas, como farinha, água, leite, ovos e outros ingredientes utilizados no dia a dia. Controlar o desperdício na padaria aumenta a produtividade e os lucros.

Se possível, reveja sua linha de produção e estude formas de otimizá-la, seja com mais espaço ou adaptações. Essas medidas ajudam a economizar na padaria de forma sustentável.

2º Passo – Considere a reciclagem
Já pensou em uma situação diferente para economizar na padaria? Se não, está na hora de considerar a reciclagem.

Faça o levantamento de todos os materiais que podem ser reciclados. Parcerias com empresas que fazem a reciclagem pode ajudar a negociar o material e garantir de ponta a ponta o processo sustentável de reciclagem. Envolva seus clientes e funcionários neste processo e mostre os resultados positivos da ação.

3º Passo – Reveja suas instalações
Já não se recorda quando fez a última reforma no seu estabelecimento? Está aí um dos maiores vilões da economia na padaria. Se planeje para fazer periodicamente a manutenção predial e de equipamentos.

O bom funcionamento dos quadros de energia, equipamentos novos, com tecnologias voltadas à economia, e fornos sustentáveis podem reduzir em até 25% a conta de energia elétrica.

Com esses três passos já é possível começar a economizar na padaria, padronizar processos e aumentar os lucros no fim do mês. E apesar de pequenas, estas ações têm resultados positivos, mas, caso tenha necessidade, veja a possibilidade de parcerias com instituições que fornecem consultoria para uma panificação mais sustentável.

Este texto usou como fonte a revista Exame e o Sebrae.